Astrônomo amador encontra satélite da NASA “perdido” há 13 anos

Um astrônomo amador ajudou a NASA a encontrar um satélite chamado IMAGE que perdeu contato com o comando da agência espacial em 2005. De acordo com informações da agência norte-americana, o astrônomo conseguiu fazer contato com o objeto espacial em 20 de janeiro deste ano e, em seguida, enviou os dados para análise. Ontem (30), a NASA conseguiu confirmar que o sinal era realmente do satélite IMAGE.

O equipamento estava sem contato há cerca de 13 anos, mas, segundo a agência, o sistema de controle central do aparelho continua funcionando. “A NASA conseguiu ler alguns dados básicos da espaçonave, o que indica que pelo menos o sistema de controle está operando”, diz a agência em um comunicado oficial.

Conhecido como IMAGE ou Magnetopause-to-Aurora Global Exploration, o equipamento entrou em órbita no dia 25 de março de 2000. A sonda foi desenvolvida para estudar a magnetosfera terrestre, trazendo as primeiras leituras sobre a presença de plasma nessa área. A missão foi concluída com sucesso em 2002, e, em 18 de dezembro de 2005, a sonda não entrou mais em contato com a base. Por conta disso, a agência espacial considerou a missão como finalizada.

Os cientistas do centro de voo espacial da cidade de Greenbelt, nos EUA, vai continuar analisando os dados obtidos do IMAGE. O próximo passo agora é trabalhar com engenharia reversa para reconstruir o hardware e o software necessários para comandar e receber dados da sonda.

De acordo com a NASA, esses elementos não existem mais, e a agência vai precisar de pelo menos uma ou duas semanas para conseguir algum resultado nesse sentido. Em seguida, tentativas de religar os equipamentos científicos da espaçonave serão realizadas. Caso tudo esteja funcional, talvez a NASA retome a missão e a coloque para analisar a magnetosfera novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *