PEIXE COM CABEÇA DE PÁSSARO É ENCONTRADO NA CHINA

Essa é mais uma notícia para a série de animais estranhos que foram encontrados pelo mundo. Desta vez, pescadores chineses da cidade de Guizhou, no sul do país, encontraram um peixe bizarro que tinha a cabeça parecida com a de um pássaro.

Um vídeo com a descoberta foi logo divulgado na internet e mostrava o animal fora d´água, tentando respirar. Mas o próprio jornal que divulgou a notícia afirmou que se trata de uma carpa de água doce. Mas isso não impediu muita gente de especular que o animal seria metade peixe, metade pássaro. Além disso, muitos notaram que além do bico, as nadadeiras do animal também lembravam muito um par de asas.

Mas especialistas já possuem uma resposta para o que aconteceu com esse peixe misterioso: uma provavel má formação nos primeiros estágios de sua vida. Andre Cossins, professor da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, acredita se tratar de um defeito nas células de crescimento do animal.

O especialista disse que é difícil precisar o que causou esse defeito, mas as explicações mais prováveis são mutações genéticas ou poluentes e componentes químicos que afetaram o crescimento de suas células quando o animal ainda era um embrião.

“Eles (os componentes químicos) podem ter tido um efeito específico em algum estágio particular do crescimento larval para ter danificado a região da cabeça, deixando o resto do corpo aparentemente não afetado”, disse Cossins.

Para o caso dessa carpa, houve alguma coisa que interrompeu o processo normal de divisão da estrutural dos ossos de sua cabeça, o que pode ter acelerado a produção de células e explica a protuberância em sua cabeça, ainda de acordo com Cossins.

Apesar das causas exatas serem um mistério, o pesquisador acredita que a má formação do peixe tem justamente relação com poluentes, ao lembrar que outros casos semelhantes já foram registrados em outros peixes.

Mesmo com essa deformidade em sua cabeça, a carpa pode ter levado uma vida sem grande problemas, já que seu corpo possui o tamanho considerado normal para a espécie. E seu “bico” pode até ter facilitado um pouco sua vida.

“Na verdade, uma boca voltada para baixo pode ter ajudado um peixe que se alimenta com o que está em volta da lama. Aposto que ele teve uma vida decente”, disse Cossins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *